23/08/14

Eu Na Terra Dos Outros - Diamantina /MG


Que viajar é uma oportunidade de descobrir lugares únicos não é novidade pra ninguém. Cada lugar tem seus encantos, sua arquitetura, religião e seus segredos. Então convido vocês a perderem o preconceito e dê uma chance e experimentar o novo. Não faça de sua viagem um deslocamento geográfico, faça dela uma experiência transformadora. Você pode tentar fazer isso até mesmo na sua própria cidade. Você pode se surpreender!

Contemple a natureza...

Observe tudo, porque é nos detalhes que se descobre uma nova cidade.

Experimente os eventos fixos da cidade: na quinta-feira você pode desfrutar das Feiras das Quitandas,a partir das 15h. Na sexta-feira a Feira Nossa, a partir das 18h .Aos sábados a Feira dos Produtos da Roça a partir 8h no Mercado Velho que fica no centro da cidade.

Faça uma foto antiga ;custa R$ 5.00

Perca-se pela cidade voluntariamente,garanto que sempre vai ter um mineirinho disposto a te ajudar a encontrar o caminho.

Tome café na rua;no domingo acontece o Café no Beco, muitas barracas lotam este espaço: com biscoitos, pão de queijo,bolos...tudo isso ao som desse grupo de senhorezinhos que cantam músicas regionais.

Ou experimente alfajor,argentinos . Encontrei quatros  hermanos perdidos por lá, que insistiram para que eu comprasse; nem gosto, porque acho muito doce, mas eles pareciam precisar muito,custou R$ 2.00.

Busque fôlego para mais uma subida, misture-se mas não deixe de andar pelos becos e ladeiras de Diamantina.

Faz frio, mas compensa sair  à noite por suas ruas escuras.Aproveite para saborear os pratos típicos,eles dizem muito da cultura de cada região,  como essa pizza servida no Grupiara que aliás é uma delícia.


Querida Lisa, que essas dicas sejam suficientes para você aproveitar Diamantina quando você resolver aparecer por lá. E muito obrigada pelo e-mail mais emocionante de todos. Manda beijos pro teus tios.


:)



19/08/14

Eu Na Terra Dos Outros - Diamantina- MG/ Parte 4



Hoje o dia foi de comemoração(Colação) e ela começou cedo.Porque mineiro pode até comer quieto, mas ô povo pra gostar de festa sô!

Mas  antes de prossegui tenho um recadinho pra você  Gabriele.

Dona Gabi, quando olho para você hoje, me pergunto quem foi o responsável por permitir que você crescesse?
E as perguntas continuam...

Onde anda a Gabi, que aos seis anos vestia meus vestidos, colocava meus sapatos e saia desfilando pela casa?

Onde anda a menina que enlouquecia a Letícia porque ela não aceitava me dividir com mais ninguém?

Onde anda a garotinha que ficou mega feliz quando liberei você e sua irmã em uma loja, e disse que poderiam escolher o que quisesse? Mas isso em meia hora. Vocês duas surtaram. Foi engraçado!

A pequena que me deixava de coração partido quando eu tinha que voltar pra casa ao derramar lágrimas tão verdadeiras?

Eu poderia ficar aqui por horas só lembrando as nossas aventuras. Por que provavelmente você não lembra metade delas.  
Espero que agora que você cresceu que é adulta, cultive a criança que eu conheci. Afinal agora que você vai se aventurar na vida precisará ter um bocado de força, resistência, flexibilidade... Use todos os recursos que achar necessário (o mundo pode ser bem cruel), mas nem por isso é preciso deixar a inocência morrer.
Parabéns!

O cabeludo e a minha Letícia 
Pititinha da tia você não pode namorar não!
Minha Letícia :)
Essa é a Pequena Pi,que de pequena não tem nada,o nome do blog é uma homenagem a essa minha magrelinha.

Rafael e Ana Carolina
A única foto que fiz da colação,além de longe estava bem escuro :( E depois é claro; fomos festejar!!!

Diamantina tem uma vida noturna bem badalada.

E pra fechar a noite: livraria + cappuccino + pão de queijo + trufa :)


:)

18/08/14

Eu Na Terra Dos Outros - Diamantina - MG/Parte 3

Terra dos diamantes, cidade estudantil, de estradas reais, de personagens ilustres como o presidente Juscelino Kubitschek e a escrava Chica da Silva; de gente simples e acolhedora. O tempo parece escorrer vagaroso em Diamantina.
Não tem como negar a fortíssima influência católica do lugar, com a magnificência de suas igrejas seculares. E você acaba se deixando envolver por toda essa crença local. Entrei no carro em direção ao Cruzeiro que fica em um dos pontos mais altos da cidade - Eu queria conversar um pouquinho com Deus.


Minha vida : )

 Juscelino Kubitschek

Os sinos tocam anunciando que está na hora da missa, isso é tão interior.

De qualquer parte da cidade é possível contemplar as torres.



Volta aqui amanhã.
Continua...